ApucaranaPolicial

Tio libera corpo de jovem morto a tiros em Londrina

O elemento havia sido levado ao hospital pelo Corpo de Bombeiros, mas infelizmente não resistiu aos ferimentos e veio a óbito. Ele estava sem documentação, o que tornou a identificação um desafio, mas tatuagens no corpo forneceram pistas essenciais.

Com a inscrição “Arthur Felipe” tatuada em um dos braços e a palavra “Vera” no ombro, o rapaz foi finalmente identificado. Ele era de Apucarana e sua mãe, Dona Vera Lúcia Ribeiro de Moraes, já falecida. VERA 1

Após a morte de sua mãe, o jovem foi criado por sua tia, a Senhora Rosimery Souza Leite.

Nesta quarta-feira de manhã, o tio do jovem compareceu ao Instituto Médico Legal de Londrina para liberar o corpo de seu sobrinho. Rosimery Souza Leite, que se identificou como tia do rapaz, revelou que o jovem era conhecido no meio policial como “Meio Pé” devido a um acidente que o fez perder parte de seu pé enquanto pegava rabeira em um trem.

A identificação do rapaz foi possível graças ao trabalho de um papiloscopista do IML, que conseguiu identificar o nome do jovem como Matheus Vinícius de Moraes Souza e sua mãe como Vera Lúcia Ribeiro de Moraes. Rosimery Souza Leite avisou que o corpo já foi liberado nesta quarta-feira (07) para realização de velório.

Este caso destaca a importância do trabalho conjunto dos policiais e da população na identificação de indivíduos e na prestação de assistência às famílias em momentos difíceis. O reconhecimento e a identificação do jovem permitirão que sua família siga em frente e prestar as últimas homenagens ao ente querido.

Fonte da matéria: Canal 38

Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Botão Voltar ao topo