ApucaranaPolicial

Jovem de 21 é morto a tiros na Vila Reis em Apucarana no domingo.

Neste domingo 22 de outubro de 2023, um trágico incidente abalou a tranquilidade do Distrito da Vila Reis, em Apucarana. Carlos Manoel da Silva Macedo, um jovem de 21 anos, perdeu a vida após ser alvo de disparos de arma de fogo.

O crime aconteceu no início da noite deste domingo, na Rua Zumira. Segundo relatos, Carlos Manoel foi alvejado por três tiros fatais durante um incidente após uma briga. A equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), chegou a ser acionada, mas o rapaz estava em óbito no local.

As autoridades foram acionadas imediatamente. A Polícia Militar esteve presente para atender à ocorrência, e acionou a Polícia Civil e o delegado acionou a Criminalística, juntos para coletar evidências e esclarecer as circunstâncias do crime.

O delegado-chefe da 17ª Subdivisão Policial (SDP) de Apucarana, Marcus Felipe da Rocha Rodrigues, esteve no local para liderar as investigações a polícia está em busca do suspeito.

O Instituto Médico-Legal (IML) de Apucarana foi acionado para a remoção do corpo de Carlos Manoel, que passará por um exame de necropsia como parte das investigações em curso.

Segundo o delegado “Trata-se de um jovem de 21 anos de idade; a vítima já foi identificada. Fomos acionados pela polícia militar e, em seguida, acionamos a polícia científica, que compareceu ao local com os peritos.

Também acionamos o IML para realizar o exame de necropsia. Foi feito o exame de local de morte, e no local tivemos muitas informações a respeito do suspeito da prática desse crime.

Os agentes ainda estão em campo, estamos agora colhendo imagens do local e trabalhando para identificar os suspeitos envolvidos nesse delito. Tivemos informações a respeito da motivação, mas agora é necessário coletar depoimentos de testemunhas que estavam presentes no local.

Assim que chegarmos à delegacia, vamos colher depoimentos que contribuirão para esclarecer os fatos. A hora exata do ocorrido ainda não foi determinada, mas ocorreu no final da tarde. Muitas testemunhas presenciaram o crime.

Agora, estamos trabalhando para instaurar o inquérito policial e seguir o procedimento adequado para responsabilizar o autor ou autores deste crime.

Tudo indica que a arma utilizada não era uma pistola, mas sim um revólver. A perícia no local confirmou isso, uma vez que não foram encontrados estojos de munição.

Os exames periciais, incluindo a necropsia, aguardam laudos do local da morte, que fornecerão informações adicionais para esclarecer o caso”, informou o delegado.

 

Fonte da matéria: Canal 38

Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Botão Voltar ao topo