SaúdeÚltimas Notícias

Médicos encontram mosca viva no intestino de paciente durante exame

Homem de 63 anos afirmou não saber como o inseto entrou no seu corpo e que não teve sintomas

Médicos dos Estados Unidos foram surpreendidos por uma mosca viva no intestino de um paciente durante a realização de um exame de rotina. O fato foi registrado em um artigo científico publicado na Revista Americana de Gastroenterologia (AJG, na sigla em inglês).

O paciente, de 63 anos, realizava uma colonoscopia (exame em que uma câmera é colocada no intestino, para identificar anormalidades) de rotina para câncer de cólon.

Uma mosca viva foi encontrada no cólon transverso do homem, uma área superior do órgão.

Após ser notificado, o paciente afirmou não saber como o inseto tinha entrado no seu corpo e explicou que não sentiu nenhum sintoma prévio da mosca até ser informado.

Como o inseto chegou lá?

Os médicos dizem acreditar que a mosca pode ter entrado no intestino do paciente após a ingestão de alface na noite anterior ao exame.

Para realizar uma colonoscopia, os médicos indicam apenas a ingestão de líquidos na véspera.

Contudo, o paciente afirmou ter ingerido pizza e alface na noite anterior, mas disse não se lembrar ter visto uma mosca na comida.

Normalmente, o ácido estomacal consegue matar as moscas, mas em alguns casos, o inseto pode eclodir a partir ovos postos ali através da ingestão de frutas ou legumes.

“Moscas e suas larvas podem infestar o intestino humano em uma condição clinicamente denominada miíase intestinal”, conforme escreveram os médicos para a revista.

As pessoas que sofrem com miíase intestinal muitas vezes são assintomáticas, mas em algumas ocasiões podem apresentar vômitos, diarreia ou dores abdominais.

Os especialistas ressaltaram que segue sendo um mistério como a mosca chegou ao cólon transverso.

 

Fonte da matéria: CNN Brasil

Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Botão Voltar ao topo