Últimas Notícias

Onda de calor no Paraná: fique atento aos riscos

Temperaturas acima de 40°C podem provocar desidratação, insolação e outros problemas de saúde

O Paraná poderá ser atingido por uma onda de calor nos próximos dias, segundo o Sistema de Tecnologia e Monitoramento Ambiental do Paraná (Simepar). A previsão é que as temperaturas subam acima de 40°C em algumas regiões do estado.

A onda de calor deve começar na quarta-feira (8) e se estender até o feriado de quarta-feira (15). As temperaturas mais altas devem ser registradas no norte e oeste do Paraná, onde as máximas podem chegar a 45°C.

O calor intenso pode provocar problemas de saúde, como desidratação, insolação e cãibras. É importante se hidratar bastante, evitar a exposição ao sol nas horas mais quentes do dia e usar roupas leves e ventiladas.

Recomendações para se proteger do calor

  • Beba bastante água, pelo menos 2 litros por dia.
  • Evite bebidas alcoólicas e cafeína, pois elas podem desidratar o corpo.
  • Use roupas leves e ventiladas, de preferência de cores claras.
  • Evite a exposição ao sol nas horas mais quentes do dia, entre 10h e 16h.
  • Use protetor solar com FPS 30 ou superior.
  • Use chapéu ou boné para proteger a cabeça do sol.
  • Se estiver em um carro, mantenha os vidros fechados e o ar-condicionado ligado.
  • Se sentir os sintomas de desidratação, como sede excessiva, tontura, fraqueza ou confusão mental, procure um médico imediatamente.

Impactos na saúde

O calor intenso pode provocar uma série de problemas de saúde, incluindo:

  • Desidratação: a perda de líquidos pelo corpo pode levar à desidratação, que pode causar sintomas como sede excessiva, tontura, fraqueza ou confusão mental.
  • Insolação: a insolação é uma condição grave causada pela exposição excessiva ao sol. Os sintomas incluem febre, dor de cabeça, náusea, vômito e confusão mental.
  • Cãibras: as cãibras são espasmos musculares dolorosos que podem ser causados pela desidratação ou pela falta de eletrólitos.
  • Problemas respiratórios: o calor intenso pode agravar problemas respiratórios, como asma e bronquite.
  • Problemas cardíacos: o calor intenso pode aumentar o risco de problemas cardíacos, como ataque cardíaco e derrame.

Prevenção

A melhor maneira de se proteger dos efeitos do calor é tomar medidas preventivas, como:

  • Beber bastante água, pelo menos 2 litros por dia.
  • Evitar bebidas alcoólicas e cafeína, pois elas podem desidratar o corpo.
  • Usar roupas leves e ventiladas, de preferência de cores claras.
  • Evitar a exposição ao sol nas horas mais quentes do dia, entre 10h e 16h.
  • Usar protetor solar com FPS 30 ou superior.
  • Usar chapéu ou boné para proteger a cabeça do sol.
  • Se estiver em um carro, manter os vidros fechados e o ar-condicionado ligado.
  • Se sentir os sintomas de desidratação, como sede excessiva, tontura, fraqueza ou confusão mental, procure um médico imediatamente.
Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Botão Voltar ao topo