GeralÚltimas Notícias

Ciclone: 54 cidades de SC têm chuvas, alagamentos, deslizamentos e granizo

Até o momento, 54 municípios de Santa Catarina registraram chuvas intensas, alagamentos, deslizamentos ou granizo (que atingiram residências, estradas e centros urbanos), disse o governo do estado.

A situação foi provocada por um ciclone extratropical que se formou na quarta-feira (4) e se afasta do Sul nesta quinta (5).

Do total de ocorrências registradas na Defesa Civil, 54,2% foram causadas por chuvas intensas, 10,2% por deslizamentos de terra e 10% por alagamentos. Houve registro de granizo também durante esse período de chuvas intensas, fato que gerou 7% dos estragos registrados.

O município de Rio do Oeste registrou a morte de uma pessoa que caiu em uma plantação alagada e foi arrastada pela correnteza.

Na cidade de Timbó, houve uma criança de um ano ficou ferida após sua residência ser atingida por um deslizamento. Ela foi conduzida ao hospital e encontra-se estável.

Até o momento, segundo a Defesa Civil e o governo, sete municípios emitiram decretos de situação de emergência:

  • São Bento do Sul;
  • Ibiam;
  • Jaborá;
  • Corupá;
  • Laurentino;
  • Presidente Getúlio; e
  • Campo Alegre.

Todas as regiões de SC permanecem com atendimento de equipes municipais, contando com o apoio do Corpo de Bombeiros Militar, Polícia Militar, Assistência Social e outras estruturas do estado, disse a Defesa Civil.

Mais chuvas de sexta a domingo

Mapa de SC, com regiões em atenção e observação de sexta (6) a domingo (8)
Mapa de SC, com regiões em atenção e observação de sexta (6) a domingo (8) / Governo do Estado de SC / Reprodução

Apesar das previsões anteriores apontarem que a chuva deveria diminuir no Sul do Brasil a partir desta quinta-feira, com o afastamento do ciclone, que se direciona ao Sudeste, o governo do estado de Santa Catarina diz que deve haver mais chuvas e ocorrências da sexta (6) ao domingo (8).

“O período será marcado por risco para enxurradas, inundações, alagamentos e deslizamentos. O risco é alto nas áreas em laranja [mapa acima] e moderado nas áreas em amarelo, com condições específicas para cada um dos dias”, diz a gestão estadual.

Confira abaixo a previsão divulgada pelo estado:

Sexta-feira (6)

As instabilidades ganham força, com risco para temporais em todas as regiões, em especial no período da tarde.

Os temporais vem acompanhados com intensas rajadas de vento e eventual queda de granizo, que podem provocar destelhamentos, queda de árvores e danos na rede elétrica.

Além disto, os elevados acumulados de precipitação em um curto período de tempo trazem risco para enxurradas e deslizamentos.

Sábado (7)

Entre noite de sexta e ao longo do sábado, é importante destacar as áreas do Litoral Sul, Planalto Sul e Grande Oeste, onde podem registrar acumulados entre 150 mm e 200 mm, com risco alto para enxurradas e deslizamentos.

Domingo (8)

Acumulados de chuva se espalham para as demais regiões de SC, com acumulados entre 100 mm e 150 mm entre o Vale do Itajaí, Litoral Norte, Planalto Norte e Grande Florianópolis.

O risco é alto para ocorrências associadas a enxurradas, inundações graduais e deslizamentos.

VÍDEO – Chuva supera média prevista para outubro no RS e SC

 

*Publicado por Pedro Jordão, da CNN em São Paulo

Fonte da matéria: CNN Brasil

Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Botão Voltar ao topo