GeralÚltimas Notícias

Apagão atingiu vários estados do Brasil na manhã desta terça feira 15/08

Um apagão atingiu todas as regiões do Brasil na manhã desta terça-feira (15). Segundo o Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS), uma ocorrência na rede de operação do Sistema Interligado Nacional (SIN) interrompeu 16 mil megawatts (MW) de carga.

Segundo o órgão, a interrupção ocorreu devido à abertura da interligação Norte-Sudeste. As causas da ocorrência ainda estão sendo apuradas.

Sistema elétrico nacional perdeu 25,9% da energia em 10 minutos

O apagão começou a ser registrado nos sistemas do ONS exatamente às 8h31 no horário de Brasília – quando é interrompido o tradicional aumento da carga do sistema elétrico. Em dez minutos, a carga do sistema elétrico brasileiro caiu 25,9%.

Dados que mede o SIN do ONS mostram que o Brasil registrava 73.484,7 MW às 8h30 no horário de Brasília em trajetória de alta – exatamente como acontece todas as manhãs. Mas, no minuto seguinte, às 8h31, a carga do sistema cai repentinamente cerca de 7%.

A perda de carga continua nos minutos seguintes até às 8h40, quando o sistema registra a menor carga do dia, de 54.383,7 MW.

Os dados do SIN mostram que houve, em dez minutos, perda de carga de mais de um quarto da energia do sistema. A partir das 8h41, a carga volta a subir gradativamente.

carga do subsistema Norte caiu 83,8% em pouco mais de dez minutos a partir de 8h31 [horário de Brasília]. No Nordeste, a carga do sistema caiu 44,4%. No subsistema Sudeste-Centro-Oeste, a perda foi de 19% após o apagão e a queda chegou a 15,5% na região Sul – a que menos sofreu com o apagão.

O Ministério de Minas e Energia informou, às 10h51, que já houve retomada das cargas afetadas nas regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste.

“No momento, as equipes atuam para restabelecer as cargas ainda afetadas nas regiões Norte e Nordeste”, informou o Ministério.

A pasta informou ainda que, até às 10h22, 27% da carga da região Norte e 68% da região Nordeste foi retomada.

Atualizando a situação, o vice-presidente Geraldo Alckmin disse, por volta de 12h, que o Nordeste já recuperou 80% da carga perdida e a região Norte, mais de 40%.

“A gente deverá, em poucas horas, se tudo correr bem, estar tudo normalizado. Aí vai se investigar a causa dessa perda de carga. Mas a ação foi rápida do Ministério de Minas e Energia, de seus técnicos, as equipes todas, e a recomposição está sendo rápida”, afirmou Alckmin.

O ministro Alexandre Silveira determinou a criação de uma “sala de situação” para lidar com o processo de retomada da energia. Silveira também determinou “a rigorosa apuração das causas do incidente”.

CNN procurou a Associação Brasileira de Distribuidores de Energia Elétrica (Abradee) e aguarda retorno.

Cinco apagões nos últimos 24 anos

Brasil já teve alguns dos maiores blecautes do mundo, como a interrupção no fornecimento para 90 milhões de pessoas em 2009, e episódios traumáticos, como o apagão que deixou quase todo o Amapá por dez dias sem luz.

  • Amapá (2020)

Em 3 de novembro de 2020, a principal subestação do Amapá pegou fogo, afetando o fornecimento de energia em 13 dos 16 municípios do estado. Houve demora para o restabelecimento e caos nos serviços públicos. Quase 800 mil ficaram dez dias sem eletricidade.

  • Brasil (2018)

Em 21 de março de 2018, todas as regiões do país foram afetadas por um apagão, que teve maior intensidade e duração no Norte e no Nordeste. Os estados de Alagoas, Amapá, Amazonas, Bahia, Ceará, Maranhão, Pará, Paraíba, Piauí, Pernambuco, Rio Grande do Norte, Rondônia, Sergipe e Tocantins foram os mais prejudicados.

O blecaute ocorreu por causa de uma falha na linha de transmissão ligada à usina hidrelétrica de Belo Monte, no Pará, que não suportou um aumento de carga. No total, 70 milhões de pessoas foram afetadas.

  • Nordeste (2011)

Uma falha em subestação localizada na divisa de Pernambuco com a Bahia deixou 47 milhões de pessoas sem luz em todo o Nordeste, à exceção do Maranhão, na noite de 3 de fevereiro de 2011. Foram várias horas de interrupção no fornecimento.

  • Brasil e Paraguai (2009)

Na noite de 10 de novembro de 2009, houve falha de três linhas de transmissão provenientes da usina binacional de Itaipu. A queda brusca na demanda de energia ocasionou o desligamento automático de 20 turbinas da hidrelétrica, deixando quase 90 milhões de pessoas sem energia no Brasil e no Paraguai. Quatro estados brasileiros foram integralmente afetados. Cerca de 90% do país vizinho também ficou sem luz.

  • Brasil (1999)

Um dos maiores blecautes da história foi registrado em 11 de março de 1999. Dez estados e o Distrito Federal ficaram sem fornecimento à noite. Ao todo, 76 milhões de pessoas foram afetadas.

Na época, o governo culpou um raio que teria atingido uma torre de distribuição em Bauru (SP). Depois, ficou comprovado que essa não era a causa. Apontou-se posteriormente a sobrecarga do sistema como motivo. Dois anos mais tarde, houve racionamento de energia em todo o país, exceto na região Sul.

Fonte da matéria: CNN Brasil

Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Botão Voltar ao topo