ApucaranaPolicial

Homem é brutalmente espancado em Apucarana

O fato ocorreu por volta das 23h14, na Rua Santos, localizada no Parque Industrial. A polícia militar foi acionada após moradores relatarem ter ouvido disparos de arma de fogo e encontrarem a vítima em estado crítico.

Ao chegarem ao local, os policiais constataram que uma motocicleta CG 160 vermelha com dois indivíduos havia se evadido, deixando para trás um Ford Ka vermelho danificado. A vítima apresentava cortes na cabeça e escoriações por todo o corpo.

Após ser estabilizado pelos socorristas do SAMU o homem ferido foi identificado e iniciaram uma conversa para obter mais informações sobre o ocorrido. Ele estava bastante confuso inicialmente, mas depois foi capaz de relatar o que aconteceu. Segundo a vítima, ele estava no local com uma pessoa informando que eles haviam iniciado um relacionamento recentemente. A vítima também mencionou que havia terminado outro relacionamento há uma semana e que seu ex-marido não havia aceitado o fim.

De acordo com o relato da vítima, o ex-marido chegou ao local em uma moto Honda CG 160, acompanhado de um amigo, visivelmente alterado. O agressor danificou o veículo da vítima, um Ford Ka vermelho, furando os dois pneus traseiros e quebrando os vidros traseiros e laterais. Em seguida, retirou a vítima do carro e a agrediu com golpes de capacete e chutes.

A equipe de resgate do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) foi acionada para prestar socorro à vítima, que foi encaminhada à Unidade de Pronto Atendimento (UPA). Os policiais acompanharam todo o atendimento na UPA e tomaram as medidas necessárias para investigar o caso.

O veículo danificado foi entregue a um amigo da vítima, que estava no local prestando apoio. Ele o levou até a residência da mãe da vítima e deixou as chaves com sua irmã. A equipe policial continuou acompanhando o atendimento da vítima na UPA, e após uma avaliação médica, ficou constatada a necessidade de transferência para o Hospital da Providência.

A polícia está investigando o caso e busca identificar os agressores envolvidos na situação.

 

Fonte da matéria:  Canal 38

Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Botão Voltar ao topo