Esportes

Daniel Alves é condenado na Espanha a 4 anos de prisão

Daniel Alves
Daniel Alves – Foto: SBT

Fim da linha para Daniel Alves? O ex-jogador da Seleção Brasileira acabou sendo condenado a 4 anos e 6 meses de prisão pelo tribunal de Barcelona nesta quinta-feira, 22 de fevereiro, na Espanha. O atleta que estava atuando pelo Pumas do México, foi acusado de ter supostamente estuprado uma mulher na boate Sutton, no final de 2022.

Há cerca de duas semanas iniciou o julgamento do jogador, mas a condenação de Daniel Alves somente foi revelada ao fim do mesmo. No entanto, mesmo condenado a 4 anos e 6 meses de prisão, a defesa do craque ainda pode recorrer à decisão no Tribunal Superior de Justiça da Catalunha (TSJC) e no Supremo Tribunal da Espanha.

Enquanto recorre a decisão dada pela juíza Isabel Delgado na 21ª Seção de Audiência de Barcelona, Daniel seguirá preso. Aliás, a sentença ainda inclui uma pena de liberdade supervisionada de cinco anos, que será cumprida após o término da pena legal, além de nove anos de afastamento da vítima, à qual ele deve pagar uma indenização de 150 mil euros (cerca de R$ 804 mil).

De acordo com o portal ‘g1’, a sentença lida diz que com a decisão, o tribunal considera provado que “o acusado agarrou bruscamente a denunciante, a derrubou ao chão e, impedindo-a de se mover, penetrou-a vaginalmente, apesar de a denunciante dizer que não, que queria ir embora“. E entende que “com isso se configura a ausência de consentimento, com o uso de violência, e com acesso carnal“.

 

Fonte da matéria: Area Vip

Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Botão Voltar ao topo