Jandaia do SulPolicialRegião

Motorista que provocou acidente com ônibus da APAE em Jandaia é indiciado por homicídio

QUATRO DAS VÍTIMAS FATAIS ERAM ALUNOS DA APAE.

O inquérito relativo ao acidente envolvendo um ônibus da Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae) e um trem da concessionária Rumo em Jandaia do Sul, em 9 de março deste ano, foi concluído pela Polícia Civil.

Cinco pessoas morreram (quatro alunos e uma funcionária da Apae) e 23 ficaram feridas.

Segundo informações, o motorista do ônibus foi indiciado pela Polícia Civil por homicídio e lesão corporal culposa na direção de veículo automotor. O inquérito foi remetido ao Ministério Público que vai analisar se oferece ou não denúncia à Justiça e por enquanto o motorista responde o processo em liberdade

Na época do acidente, o motorista do ônibus, de 43 anos, disse à Polícia Civil que não viu o trem se aproximar por causa do mato alto nas imediações da linha férrea e também que não ouviu os sinais sonoros.

Ele foi liberado após o interrogatório porque parou para prestar socorro às vítimas. Nas investigações a Polícia descobriu que a carteira de habilitação do motorista estava vencida desde o dia 23 de janeiro deste ano. E de acordo com o Detran, o ônibus da prefeitura também estava com a autorização para circular vencida desde o dia 16 de setembro de 2019.

Fonte da matéria: Canal 38

Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Botão Voltar ao topo